Home / Como lidar com o Diabetes / A importância da figura paterna no tratamento do filho com Diabetes

A importância da figura paterna no tratamento do filho com Diabetes

image2

Quando o tratamento do Diabetes requer cuidado efetivo, o envolvimento e o carinho vêm em dobro

 Essa é a história do empenho, da atenção e do amor incondicional de Sander Angelo, pai de Benício, um garoto de sete anos de idade, diagnosticado com diabetes mellitus tipo 1 aos três anos e seis meses de vida.

E, ao bater um papo com nossa equipe, Sander nos contou que seu filho Benício chamou a sua atenção quando de repente parou de brincar, se queixava de cansaço, vivia sonolento, urinava muito e bebia água em abundância. Apesar de apresentar sintomas típicos do diabetes, mesmo assim, procuraram por vários profissionais.

DBCV: Como você recebeu a notícia do diagnóstico?

Sander: Enxuguei minhas lágrimas e afirmei que nunca mais cairiam por este motivo. Nossa família permaneceu unida; recebi grande apoio dos meus pais, que sempre estiveram muito presentes e juntos, buscamos informações para nos capacitar e poder oferecer o melhor ao nosso pequeno.

DBCV: A família abraçou um estilo de vida saudável e todos ajudam na aplicação de insulina sempre que necessário. Mas conte pra gente uma situação que ressaltou a adaptação da família?

Sander: Nossa filha, Helloisa, já ajudou o irmão a sair de um quadro de hipoglicemia quando brincavam de pular corda na casa dos avós. O menino se queixou de mal-estar e pediu o aparelho para medir a glicemia. A garota mediu, viu o resultado no equipamento e deu um sachê de mel para ele. Imediatamente avisou os avós e nos ligou. Ficamos tranquilos com a tomada de decisão, pois é isso que estamos ensinando e investigamos juntos a causa da hipoglicemia. A conclusão foi unânime, eles não haviam medido a glicemia antes de iniciar a brincadeira para fazer o ajuste glicêmico.

DBCV: O que é fundamental para a adesão e o sucesso do tratamento?

Sander: É necessária a busca pelo maior número de informações sobre a patologia e, gradualmente, vamos levando os conhecimentos adquiridos aos pequenos para que ganhem autonomia e saibam se defender quando não estivermos por perto.

DBCV: Você gostaria de compartilhar uma mensagem com pais, que assim como você, superaram medos e desafios em nome do amor incondicional?

Sander: Sempre busquem o conhecimento e retirem o medo e a vergonha de falar sobre o diabetes infantil. Temos de dar bons exemplos aos nossos pequenos; conheçam os seus direitos e deveres e façam a diferença neste mundo. Tenham empatia e busquem ser solidários e fraternos. Acredito que a união faz sim toda a diferença para fazermos a mudança em nossa sociedade.

Portal De Bem Com a Vida

Feito com muito carinho por profissionais de saúde, comunicação e por quem entende e convive com Diabetes, para você ficar bem antenado.

More Posts

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

gastos

Confira sobre possíveis soluções para diminuir a incidência do diabetes e de seus gastos no Brasil

Estudo inglês e alemão alertam os gastos surpreendentes com diabetes no Brasil e o Portal ...