Home / Como lidar com o Diabetes / A importância do cuidado com a pele e os pés

A importância do cuidado com a pele e os pés

shutterstock_1114596698

Todas as propagandas de cosméticos mostram modelos com uma pele perfeita, ou seja, lisa, sem manchas, com aparência de maciez, firmeza e, ao mesmo tempo, com elasticidade. Não só de estética vive o ser humano. A pele tem inúmeras funções.

Segundo a Dra. Regina Gonzales, dermatologista, com especialidade pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, a pele é um órgão e tem várias funções como: proteger, isolar o corpo do meio externo e controlar a temperatura.

Sua estrutura é dividida em três:1º camada mais externa, onde ocorre a renovação das células, é formada a melanina e fornece pigmento à pele quando exposta ao sol; 2° a derme, onde encontram-se as fibras colágenas e elásticas, e estruturas nervosas que detectam dor, pressão e tato, além de avisar o cérebro das variações de temperatura; 3º vem a camada chamada tecido subcutâneo que fornece o isolamento térmico e protege o organismo de possíveis batidas.

“Quando a pessoa apresenta pele seca, há diminuição da barreira natural contra bactérias e fungos. Assim a mesma estará mais vulnerável a certas infecções”, explica Dra. Regina.

No caso da pessoa apresentar com grande frequência infecções na pele, podemos suspeitar de doenças imunossupressoras, como diabetes, deficiência congênitas do sistema imunológico, infecções por HIV, linfoma e leucemia.

Você já olhou seu pé hoje?

As infecções de pele são frequentes em pessoas com diabetes, principalmente pacientes com mais tempo da condição e com descontrole da glicemia. Eles podem apresentar fissuras e rachaduras nos pés, pele mais seca e possíveis problemas decorrentes da neuropatia principalmente nas mãos e pés devido ao comprometimento da parte vascular. Dessa forma, facilita a existência de  infecções e dificulta a cicatrização.

“Encontramos também casos de necrobiose lipoídica,  manchas vermelho-amareladas abaixo do joelho, que se não tratadas, podem torna-se feridas mais profundas.  Ocorre alteração do colágeno da pele com uma alteração vascular. Essas lesões são um dos sinais tardios do diabetes. Outra alteração que pode ser encontrada nas pessoas com diabetes são bolhas nos pés, além do chamado pé diabético com formação de ulceração com borda calosa”, explica Dra. Regina.

Para evitar todas essas complicações, Dra. Regina sugere que a pessoa com diabetes verifique principalmente os pés para que possa detectar qualquer alteração, e assim tratá-las no início. Além disso, precisa ter cuidado na manipulação ao cortar as unhas para que não tenha ferimentos. Esses cuidados são tão pequenos, mas que proporcionam grandes benefício no dia a dia.

Veja mais: 

Conheça dicas para cuidarmos da pele

Dicas para a pele e para o cabelo para desfrutar do verão em sua plenitude

Portal De Bem Com a Vida

Feito com muito carinho por profissionais de saúde, comunicação e por quem entende e convive com Diabetes, para você ficar bem antenado.

More Posts

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

andre_capa

Um novo mundo depois do Diabetes

Aos dezenove dias do mês de fevereiro de 2008, nasceu a minha princesa, a Ana ...