Home / Como lidar com o Diabetes / Aprenda a gerenciar a glicemia em situações de estresse, depressão e de tristeza!

Aprenda a gerenciar a glicemia em situações de estresse, depressão e de tristeza!

Como lidar com as emoções e ao mesmo tempo gerenciar o controle da glicemia?

Lidar com as emoções não é um aspecto muito fácil das nossas vidas. Acrescentar o diabetes à rotina pode acarretar consequências, que muitas vezes se tornam difíceis de gerenciar.

Há estudos que mostram que estresse, tristeza e depressão aumentam a quantidade de hormônios como adrenalina e cortisol, e citocinas (proteínas importantes para o controle de diversas ações no organismo, dentre elas os processos imune e inflamatório). Estes hormônios e proteínas tendem a aumentar a glicemia, consequentemente necessitando-se de ajustes nas medicações, dietas e atividades físicas.

Por isso que de uma hora para outra, quando passamos por situações de estresse, depressão e de tristeza, não conseguimos gerenciar o controle das glicemias. Para dar dicas sobre isso, o Portal De Bem com a Vida entrevistou a psicóloga e educadora em diabetes Graça Camara.

Portal de Bem com a Vida: Em momentos de depressão, como a pessoa pode romper o ciclo de quanto mais deprimido, mais falta de cuidado para o controle da glicemia?

Depende da condição e do tipo de depressão. Importante é que essa depressão seja identificada, tratada, algumas vezes até com medicação, mas de preferência sempre com acompanhamento psicológico. Este é um alerta para famílias, que ajudem as pessoas com sintomas de depressão a buscar ajuda terapêutica, mas enquanto elas não conseguirem se “erguer”, é importante um apoio e ajuda nos controles glicêmicos.

Portal de Bem com a Vida: Em momentos de estresse, como a pessoa pode reverter e voltar a controlar a glicemia?

O estresse é um fator, que na maioria das vezes, produz alterações das glicemias, pois a liberação de hormônios contrarreguladores nestas situações é muito comum. Sugiro cuidados para evitar situações, que causem estresse, sempre que possível. Mas nem sempre conseguimos controlar todas estas situações, e nesse caso, cuidado redobrado com as glicemias, conversando com o médico para ajustes de doses (no caso do uso de insulina) até que a situação se reverta. Um apoio psicológico é bastante adequado às pessoas, que não conseguem lidar com estresse.

Portal de Bem com a Vida: Em momentos de tristeza, como a pessoa pode lidar com a situação?

Momentos de tristeza são comuns em nossa vida, mas precisamos aprender a lidar com os mesmos em especial quando passam a ser muito intensos e prolongados. Nesses casos uma avaliação e apoio profissional são muito bem vindos.

Portal de Bem com a Vida: Quando há perdas ou frustrações, como a pessoa deve lidar melhor com os sentimentos para que não afete muito o controle da glicemia?

Não há uma fórmula, mas cada um deve tentar se reerguer e avaliar sua vida e seu rol de valores em todos os aspectos para encontrar meios de continuar. Não sendo possível sozinho ou com apoios de amigos e familiares, é aconselhável buscar apoio profissional.

Portal de Bem com a Vida: Quando a pessoa está tomando todos os cuidados para o controle da glicemia e, mesmo assim, não consegue atingir as metas prescritas pelo médico, como pode lidar melhor com isso?

Rever seu tratamento com o médico que o acompanha, avaliar suas condições atuais de vida, buscar compreender se há algo que o está deixando com essa dificuldade, rever sua medicação, como está sendo armazenada, conservada, validade, enfim…. verificar todas as possibilidades e buscar apoio para manter um bom controle na maior parte do tempo.

Portal de Bem com a Vida: Que mensagem quer deixar?

Diabetes pode ser controlado, mas não é só a medicação adequada que vai garantir este controle. É preciso um conjunto de ações, que garantam uma boa qualidade de vida àqueles que convivem com o diabetes. Um trabalho de autoconhecimento, autocontrole e apoio de equipe multiprofissional, além de familiares e amigos vão fazer a diferença.

Vanessa Pirolo

Jornalista, criadora do blog convivência com diabetes, tem diabetes desde o seus 18 anos, e redatora do Portal DBCV. Quer me conhecer melhor? Então, clique aqui!

More Posts - Website

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

hemoglobina glicada_texto

Hemoglobina Glicada x Medição da Cetona

  Saiba a diferença e os sintomas A hemoglobina faz parte das células vermelhas do ...