Home / Como lidar com o Diabetes / Aprenda a Combater as Notícias Falsas

Aprenda a Combater as Notícias Falsas

shutterstock_766125772

Você já ouviu falar sobre fake news? Esta expressão em inglês significa notícias falsas. Originou-se nos meios de comunicação tradicionais, mas já se espalhou nas redes sociais. Geralmente as informações não têm base científica ou base na realidade, mas são apresentadas como algo correto.

No mundo do diabetes, muitas fake news já confundiram a cabeça das pessoas. Uma delas foi bem famosa. Um médico do Ceará promete até hoje a cura do diabetes por meio da dieta low carb, ou seja, com diminuição do consumo de carboidratos. Segundo médicos entrevistados sobre o assunto, para uma pessoa ter a cura do diabetes, ela precisaria provar durante cinco anos, que não usou medicamento em qualquer momento.

A Sociedade Brasileira de Diabetes – SDB – alerta as pessoas desde 2016. Veja o comunicado aqui.

6 dicas que ajudarão você não ser vítima do fake news

As notícias falsas são publicadas com a intenção de enganar, a fim de obter ganhos financeiros na maioria das vezes, por meio de manchetes exageradas e evidentemente falsas. Estas informações muitas vezes são reencaminhadas por pessoas que acreditam que aquela fonte é de credibilidade e prejudicam muito indivíduos, que não têm grau de conhecimento suficiente para questionar.

Para evitar este tipo de informação, o Portal De Bem com a Vida faz um alerta sobre estas notícias em saúde, que tendem a ser um sucesso nas redes sociais, pois o conteúdo tem apelo emocional e usa palavras exageradas como milagre, cura, tratamentos alternativos, dicas de alimentos curativos, entre outras.

Nós, do Portal de Bem com a Vida separamos algumas dicas que vão ajudar você a combater as chamadas fake news, confira:

  1. Não encaminhe informações que tenham conteúdo de caráter sensacionalista, mórbido ou contrário ao prosseguimento do tratamento tradicional;
  2. Sempre cheque as datas e fontes dos estudos;
  3. Tome cuidado com as palavras com técnicas milagrosas;
  4. Evite páginas que publicam fotos de antes e depois de um procedimento ou tratamento;
  5. Preste atenção nas histórias de sucesso das pessoas ao iniciarem tratamentos sem provas científicas;
  6. Verifique sempre se o site tem algum selo de segurança de alguma organização confiável.

As notícias e informações contidas na internet podem ser utilizadas de forma saudável, quando usadas de forma adequada, valorizando o autocuidado e a preservação geral do corpo. Médicos e outros profissionais de saúde podem indicar pesquisa em mídias sociais e internet ao conhecerem e acreditarem nas informações contidas nestes meios alternativos de comunicação. Por isso, sempre converse com seu médico para tirar todas as dúvidas sobre as informações contidas no espaço cibernético!

Veja também:

Conheça mais sobre a contagem de carboidratos

Hormônio Irisina pode ser uma das descobertas para o futuro do tratamento do diabetes

A educação em diabetes é uma grande aliada no convívio com a condição

 

Portal De Bem Com a Vida

Feito com muito carinho por profissionais de saúde, comunicação e por quem entende e convive com Diabetes, para você ficar bem antenado.

More Posts

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

hemoglobina glicada_texto

Hemoglobina Glicada x Medição da Cetona

  Saiba a diferença e os sintomas A hemoglobina faz parte das células vermelhas do ...