Home / Exercícios Físicos / Esportes de A - Z / Benefícios da dança

Benefícios da dança

Uma vida saudável com mais ritmo

Eu danço!
(Mário de Andrade)
Eu danço manso, muito manso.
Não canso e danço,
Danço e venço,
Manipanso…
Só não penso…
Quando nasci eu não pensava e era feliz…
Quando nasci eu já dançava,
Dançava a dança da criança,…

Já dizia o poeta Mário de Andrade que o ser humano desenvolve a capacidade de dança já no útero materno, pois a sucessão de movimentos ritmados do bebê é percebida pela mãe logo cedo. A modalidade é a arte mais antiga que se conhece, e a partir dela originaram-se diversas representações culturais.

Dos rituais sagrados do antigo Egito ao entretenimento das cortes europeias, a dança sofreu transformações tanto na diversidade das batidas como também nos objetivos. Hoje os benefícios finais são outros, pois garante diversão e principalmente a oportunidade de entender e lidar com as diferenças. O rosto colado, as passadas mais lentas ou mais rápidas de cada ritmo nos fazem esquecer os problemas e nos dão a alegria de viver.

Foi isso que aconteceu desde que entrei na Escola de Dança Celso Vieira, em São Paulo. Demorei um ano para me convencer de que a dança seria uma modalidade importante na minha vida. Após a insistência de uma amiga, fiz uma aula experimental de salsa e gostei tanto que me matriculei na dança de salão também.

Dançar une técnica com ritmo e sentimento. Com os primeiros passos, a pessoa se desprende de medos e preconceitos e começa a enxergar seu estilo de vida sendo transformado aos poucos. A cada parceiro de dança aprendo a ser paciente e a compreender as dificuldades e limites alheios, bem como as nossas diferenças.

Aliás, desde os 18 anos quando descobri o diabetes, lido com as diferenças. No início não foi fácil, pois não queria ser identificada como diabética, mas com o passar do tempo virei militante da causa. E por isso, hoje, propago os benefícios da dança.

Afinal, tanto o diabetes, e agora, a dança me proporcionam mais vontade de viver momentos prazerosos, experimentando e aproveitando cada instante como se fosse único. Você deve se perguntar se o diabetes proporciona mais vontade de viver?

Para mim, a resposta é afirmativa, pois aprendi a ter uma vida mais disciplinada e saudável, além de ser uma pessoa mais independente. De certa forma, com o diagnóstico da condição, aprendi que se não me cuidasse, dificilmente viveria sem complicações. E a dança me trouxe ainda mais disposição e vontade de viver.

Os benefícios da dança

Por trabalhar todos os músculos do corpo, a dança proporciona socialização, coordenação motora, rapidez de raciocínio, conhecimento do próprio corpo, equilíbrio e queima calórica.

Para o professor de dança, Júnior Arruda, da Escola Celso Vieira, “o gratificante, além de dançar, é acompanhar a evolução de cada aluno, é proporcionar momentos em que ele conheça o seu corpo e saiba vencer os limites, sentindo a vontade de desenvolver cada passo com ritmo e muita concentração”.

No meu caso, a dança trouxe muitos benefícios. Além de reduzir a ansiedade e aumentar o bem-estar e a motivação, reduziu também a utilização de insulina à noite. Após três meses de prática, cheguei à conclusão que o diabetes combina com a dança, com o compartilhamento da alegria a cada instante e a vontade de experimentar novos desafios.

Confira os principais ritmos de dança
Bolero e tango requerem mais postura, concentração, paciência para o aprendizado e equilíbrio.
Samba-rock e de gafieira, zouk, salsa, rock soltinho, country e forró exigem mais dinamismo, agilidade, ginga e coordenação.
Street dance queima mais caloria, pois há mais saltos e acrobacias, além da coordenação e da concentração.

* Vanessa Pirolo, jornalista, diabética há dez anos, descobriu a dança há três meses e agora não sabe viver sem ela.

Vanessa Pirolo

Jornalista, criadora do blog convivência com diabetes, tem diabetes desde o seus 18 anos, e redatora do Portal DBCV. Quer me conhecer melhor? Então, clique aqui!

More Posts - Website

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

post_suplemento

Conheça mais as funções do Whey Protein!

Os Benefícios do Whey Protein  Dra. Andressa Heimbecher Soares* Até pouco tempo atrás, a ideia ...