Home / Nutrição / Alimentação Saudável / Comida caseira ou congelada

Comida caseira ou congelada

Faça a opção correta entre comidas caseira, congeladas e as consumidas em restaurantes

saladinhaNo mundo atual, as pessoas sempre estão correndo atrás do tempo para fazer inúmeras atividades, e muitas vezes não dão à devida importância para alimentação. Na verdade, esse tipo de escolha faz com que o corpo padeça com o surgimento de doenças como gripes e resfriados, além de começar a apresentar obesidade e doenças cardiovasculares…

Como a maioria das pessoas precisa trabalhar, é inevitável que parte da alimentação seja feita fora de casa. Para isso, a nutricionista Flora Spolidoro, da empresa Day By Diet, fala sobre esse tema. Em comparação com as refeições feitas em casa, as “realizadas em restaurantes, principalmenteself service, podem apresentar alguns riscos adicionais  com relação à segurança alimentar, seja pelo maior número de manipuladores, pelo maior tempo  de exposição dos alimentos entre preparo e consumo que pode ultrapassar quatro horas, levando o alimento a estragar ou ainda pela não adequada higienização dos utensílios o que pode resultar em contaminação da refeição e em intoxicação”.

“Além disso, a quantidade de alimentos à disposição para serem consumidos é maior, o que faz com que a pessoa, por vezes, escolha opções de que mais gosta, esquecendo-se das mais saudáveis. Se o dinheiro está curto, a opção muitas vezes é feita por alimentos como sanduíches ou fast food, o que levam ao aumento de peso se o consumo se tornar uma rotina”, alerta Flora.

Para conseguir sanar esses riscos, é válido sempre visitar a cozinha para saber como o alimento é preparado. “Outros cuidados necessários são, dar preferência a três refeições principais e dois lanches intermediários. Inserir nas três alimentações todos os grupos de alimentos. No almoço feito fora de casa, opte por pão ou arroz ou batata como carboidrato, coma alface, tomate, pepino e outros tipos de saladas e legumes, algum tipo de carne sem gordura, alguma fruta ou beba um suco natural, evite refrigerantes, e se é necssário algum doce, escolha um pequeno”.

“É recomendável sempre se alimentar em horários determinados, para que o organismo se habitue com “entradas” regulares de energia e nutrientes. Para os lanches intermediários, escolha alguma fruta ou lanche natural, barra de cereal para que o corpo não sinta tanta fome nas refeições principais”, alerta Flora.

Para as pessoas com diabetes, os horário determinados e as quantidades de porções combinadas com os nutricionistas podem fazer uma diferença para que possa ter uma alimentação saudável e o controle mais fácil da glicemia.

“Quando as refeições podem ser feitas em casa, devem se tomar algumas precauções para torná-las saudáveis, como preparar os legumes e as verduras ao vapor com casca para conservar mais os nutrientes, evitar frituras e gorduras e diminuir a quantidade de sal. Em casa, é mais fácil controlar o processo. Com relação às comidas congeladas, as pessoas precisam ficar atentas aos rótulos dos produtos para saber a quantidade de sal e gordura para que façam a opção correta”, explica Flora.

“Se o congelamento for feito em casa, saibam que ele é um processo que cristaliza as moléculas de água dentro do alimento e precisam ser congelados rapidamente após o preparo, para que conserve o sabor e a textura originais. Para esse processo, prefira congelar alimentos com molhos e que tenham menos sal, para conservar as propriedades organoleptias também”, aponta Flora.

“Para conseguir balancear a alimentação do dia a dia, escolha um mix das opções, como exemplo, tente ingerir comida congelada duas vezes por semana no almoço se tiver disponibilidade de um microondas para aquecer no ambiente de trabalhao, nos outros três dias vá aoserf servicee coloque no prato as quantidades e alimentos mais saudáveis. Lembre que o nosso templo (corpo) é nossa templo, nossa morada. Portanto devemos cuidar não só da aparência externa, como principalmente do bom funcionamento interno, resultando num conjunto de beleza, frescor e saúde para todas as atividades do dia”, finaliza Flora.

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

beenfícios da roma_texto

Você conhece os benefícios da romã?

A romã, cujo nome científico é Punica granatum, originária do Oriente Médio, embora muito conhecida ...