Home / Exercícios Físicos / Esportes de A - Z / Confira 8 Dicas para realização de Atividades Físicas

Confira 8 Dicas para realização de Atividades Físicas

Manual para a Prática de Esportes às Pessoas com Diabetes

Esta matéria é totalmente dedicada a você que tem diabetes e precisa se exercitar. Daremos dicas fundamentais, que envolvem todas as etapas da “malhação” para que a atividade física seja executada de forma segura e realmente traga benefícios à saúde.

Inúmeros artigos já foram publicados, elencando o enorme bônus que a prática regular de exercícios traz ao organismo; colabora na diminuição da pressão arterial, eleva o colesterol bom (HDL) e diminui o ruim (LDL), facilita a perda de peso, aumenta o tônus muscular, participa no controle da glicemia, dentre outros.

Para quem tem diabetes tipo1, a atividade física faz com que o indivíduo consuma menos insulina. Isso ocorre porque a prática de exercícios estimula a produção de GLUT-4, uma proteína que “recolhe” a glicose excedente na circulação sanguínea para jogá-la no interior da célula.

Porém, se ainda é ocioso mas pretende mudar o estilo de vida, adotando uma dieta mais saudável associada à prática de esportes, veja a seguir as dicas que o ajudarão a realizar esta empreitada.

Protocolo de Segurança 

  • Antes de Iniciar um Programa de Exercícios 
  1. Marque uma consulta médica para que você possa ser avaliado. O médico fará a requisição de exames complementares e se necessário pedirá o ergométrico de esforço.
  1. Outro cuidado importante é dar uma atenção especial aos olhos consultando um oftalmologista para evitar a retinopatia. Caso os vasinhos oculares já tenham sido afetados pela glicemia elevada, o educador físico precisa estar atento à respiração do aluno; se ele a mantiver presa em demasia, a pressão irá aumentar e os vasos podem se romper. É por esse e por outros motivos que, depois do aval médico, procure por um profissional de educação física com experiência em pessoas com diabetes.
  • Rotina Diária para a Prática de Esportes
  1. “Antes de iniciar a atividade, faça uma refeição leve (uma fatia de pão integral com geleia diet e uma fruta). Para pessoas que fazem uso de insulina e sulfonilureias – fármacos que induzem a queda de açúcar, não podem se exercitar antes de medir a glicemia. O ideal é que ela esteja acima de 100mg/dl. Se estiver abaixo, a tendência é que caia ainda mais com os exercícios. Para evitar que ocorra hipoglicemia, coma um carboidrato de absorção rápida, espere um tempo e faça uma nova medição. Se o nível de açúcar subiu, comece a se exercitar, mas durante os exercícios é recomendável medir a glicemia novamente para que ela não volte a cair demais”, orienta o educador físico William Komatsu da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). As dicas seguintes foram por ele orientadas para tornar o leitor seguro na prática de esportes.
  1. Defina um horário para a atividade física que não coincida com o pico de ação de medicamentos que diminuem a glicose.
  1. As pessoas que têm diabetes devem sempre levar para o treino a carteirinha de identificação do diabético. Em caso de hipoglicemia, as pessoas ao redor saberão como agir.
  1. Para evitar a formação de bolhas ou outras lesões (neuropatia periférica), escolha meias e tênis adequados e confortáveis para não machucar os seus pés. Depois do treino e após o banho examine-os com cuidado. Caso encontre alguma lesão, espere a cicatrização para retomar a atividade física.
  1. Tenha sempre à disposição um sachê de açúcar; ele será necessário caso a glicemia baixar demais.
  1. Quando o treino terminar, faça a automonitorização da glicemia novamente para evitar hipoglicemia tardia.

Esperamos que esse pequeno  manual tenha trazido informações úteis para o cotidiano das pessoas com diabetes. Sendo assim, bom treino!

Vanessa Pirolo

Jornalista, criadora do blog convivência com diabetes, tem diabetes desde o seus 18 anos, e redatora do Portal DBCV. Quer me conhecer melhor? Então, clique aqui!

More Posts - Website

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

post_suplemento

Conheça mais as funções do Whey Protein!

Os Benefícios do Whey Protein  Dra. Andressa Heimbecher Soares* Até pouco tempo atrás, a ideia ...