Home / Consumidores / Da não aceitação à aceitação do diabetes! Leia o aprendizado de Aline Peach!

Da não aceitação à aceitação do diabetes! Leia o aprendizado de Aline Peach!

As transformações que a vida proporcionou para Aline Peach

 

Vocês Aline Peachconhecem uma moça alegre, amorosa, gentil, educada, inteligente, simpática, com um sorriso lindo e um pouco atrapalhada? Já tivemos alguns eventos que esta mocinha chegou atrasada, ou que aconteceu algo no caminho que a tirou do destino principal. Esta é a Aline Peach, publicitária, 40 anos, quase 38 deles com diabetes.

Já imaginou quantos desafios ela não enfrentou desde pequena? Ela com certeza passou pela época de medir a glicemia por meio da urina, para saber se a cor proporcionada pelo aparelho mostrava hiper, hipo ou estava na faixa da glicemia normal. Não tomava refrigerante diet, pois não existia, utilizou seringa de metal para conseguir injetar insulina? Que época, hein!

A descoberta do diabetes foi por meio de sintomas de gastroenterite. Ao longo de sua vida, este diagnóstico não foi fácil. Ela mesma conta “acho que nunca aceitei muito bem a minha condição. Não queria fazer parte de grupos como acampamentos, associações (embora meus pais quisessem muito). Não queria ter diabetes e nem me relacionar com outras pessoas com diabetes”!

“Na faculdade, foi muito complicado. Tudo foi muito intenso. Voltei para São Paulo (na época estávamos morando no interior) e fiquei já casa dos meus avós. A rotina era maluca, eu me cuidava um pouco melhor, mas as complicações apareceram no segundo ano da faculdade. Não tinha pique para acompanhar bem a turma, me afastei um pouco dos amigos, e claro, ninguém era obrigado a entender aquilo… eu também não falava a real… além disso, coincidiu com a complicação financeira dos meus pais, o que quase me fez abandonar a faculdade para me cuidar. Felizmente, consegui concluir o curso”!

Apesar de Aline ter retinopatia diabética, já ter feito laser, a vida lhe trouxe muitas lições. “Uma delas é que não adianta fazer de conta que ela não existe, nem lutar contra essa condição. Se a gente insistir nisso, a conta chega e pode ser muito alta. Não vale a pena! Lidar com as consequências, como as complicações pelo descontrole de longo tempo não é uma tarefa fácil, demanda paciência, dinheiro, envolvimento e disciplina e isso, às vezes cansa”!

Uma das lições que gosta de compartilhar é “o diabetes pode ser seu aliado nos cuidados com a sua saúde! Acredite, fazendo tudo direitinho: comendo bem, usando medicamentos corretamente, controlando a glicemia, vivendo em paz com essa condição, você poderá levar uma vida perfeitamente normal e MAIS LONGA do que muita gente que não tem problema crônico algum, mas não se cuida. Pense nisso! Se cuide! Se ame”!

Para quem não sabe Aline também é blogueira do (WWW.clubedodiabetes.com.br). Ela criou em conjunto com seu marido em 2012, quando tinham uma agência de mídia digital, com o intuito de ter uma página para dividir com outras pessoas as histórias do diabetes. “No início achava meio estranho falar da minha vida para alguém que não conhecia. Mas esse movimento me fez agir com o diabetes de uma forma mais positiva. Me trouxe ainda mais disciplina, me fez finalmente FALAR sobre o meu ” problema”, algo que nunca quis fazer. E no final percebi que estava ajudando pessoas!!! Sou filha de farmacêutico, trabalhei na Indústria por 5 anos, e por ter tanto tempo de diabetes, sou muito esclarecida quanto a medicamentos, seus efeitos, fisiologia, outras doenças, etc. Leio bula, converso com os médicos, pergunto tudo sobre tudo. Amo estudar. E isso tudo tem que ser repassado. O Clube do Diabetes trouxe para mim a ” redenção” do Diabetes. Hoje ele é simplesmente a minha razão, meu dia a dia. Como poderia imaginar, ha quatro anos atrás, que isso aconteceria?”

Com relação ao blog, Aline comenta a importância desta ferramenta e do conteúdo que proporciona “Espero ajudar cada vez mais um público que ainda não se cuida bem, não pratica esporte, come mal (fico assustada em saber que essa é a maioria). Quero trazer para as pessoas uma vida mais leve e feliz, mesmo com o diabetes e as coisas ruins que ele nos traz. Colocar essa turma para se mexer, fazer mais ponta de dedo, querer se cuidar cada vez mais”!

Comentários

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

Guide-portal

Roche Diabetes Care anuncia o lançamento de Accu-Chek® Guide

O Sistema Accu-Chek Guide chega ao mercado para facilitar a rotina de quem convive com ...