Home / Nutrição / Alimentação Saudável / Dieta do Mediterrâneo é uma boa opção para quem tem diabetes

Dieta do Mediterrâneo é uma boa opção para quem tem diabetes

salmaoAlgumas matérias saíram na mídia no início do ano exaltando os benefícios da dieta do mediterrâneo. Um estudo divulgado, nas principais revistas médicas de referência, mostrou que a dieta do mediterrâneo reduz em até 30% o risco de derrames e infartos.

Por isso, o Portal De Bem com a Vida entrevistou a Fernanda Castelo Branco, nutricionista da ADJ Diabetes Brasil, para falar sobre este tema.

De Bem com a Vida: Pessoas com diabetes podem seguir este tipo de dieta? Qual é a sua base?

O recomendado para quem tem diabetes é oferecer ao corpo os nutrientes necessários para o bom funcionamento do organismo, ou seja, pode utilizar o conceito desta dieta, aproveitando os benefícios dos alimentos que a compõe.  Ela é baseada em umconsumo de alimentos como frutas, hortaliças (verduras e legumes), cereais, leguminosas (grão-de-bico, lentilha), oleaginosas (amêndoas, azeitonas, nozes), peixes, vinhos e especiarias. O consumo do vinho deve ser moderado, sempre respeitando a dose diária recomendada pelo médico e nutricionista.

De Bem com a Vida: O que difere a dieta do mediterrâneo das demais (por exemplo, em relação às dietas pobres em carboidratos ou ricas em proteínas)?

As pessoas que vivem na região do Mar Mediterrâneo têm menores incidências de câncer e de doenças do coração, além de mais controladas em relação ao peso. A dieta sugere baixo consumo de carnes vermelhas, gorduras de origem animal, doces e produtos industrializados. A base consiste em utilizar alimentos naturais. Esta dieta está mais relacionada a um estilo de vida, onde se reduz o consumo de produtos industrializados, ricos em gorduras e açúcares. É mais fácil de ser seguida, pois incluem os diferentes nutrientes que o corpo necessita, não sendo restritiva.

De Bem com a Vida: Quais os alimentos precisam ser evitados?

Evitar todo o tipo de gorduras saturadas, doces e açúcares. Reduzir o consumo de carnes vermelhas e alimentos industrializados.

De Bem com a Vida: A ingestão de bebidas, como vinho e suco de uva, faz parte da dieta do mediterrâneo. Quais os cuidados que pessoas com diabetes devem ter no consumo desses itens?

O vinho representa um alimento tradicional na dieta mediterrânea, associando-se a efeitos benéficos para saúde, quando consumido com moderação, e no contexto de uma alimentação equilibrada. Para quem tem diabetes, o consumo recomendado de álcool são de 2 doses para homens e 1 dose para as mulheres. Para reduzir o risco de hipoglicemia, o álcool deverá ser consumido junto com alimentos.

A nutricionista Fernanda fez um cardápio que pessoas com diabetes podem seguir, mas sempre é válido dizer que sempre há necessidade de ter um acompanhamento nutricional adequado:

tabela

 

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

low-carb

Dieta Low Carb: conheça o seu efeito no organismo quando se tem diabetes tipo 1

Sinais de alerta, cetose e resistência à insulina Recentemente um estudo, publicado na revista Pediatrics ...