Home / Exercícios Físicos / Esportes de A - Z / Incentive seus filhos à prática de esportes desde cedo!

Incentive seus filhos à prática de esportes desde cedo!

Benefícios da Prática de Esportes na Infância

Há décadas, crianças brincavam nas ruas jogando bola, empinando pipas, pulando amarelinha. Devido ao crescimento urbano e ao excesso de violência, elas passaram a ficar trancafiadas em casa assistindo TV ou sentadas horas a fio em frente ao computador, privadas da exposição ao sol e do convívio com outras crianças.

Para minimizar os efeitos deletérios do sedentarismo, especialistas aconselham aos pais incentivar seus filhos à prática de algum esporte; o movimento está em nossas vidas como uma necessidade vital inerente ao ser humano e traz como benefícios risco menor de obesidade, desenvolvimento da autoestima, do sentido de cooperação, socialização, permite expressar sentimentos, crenças, valores, enfim abre portas para sentir o mundo em que vivemos, proporcionando equilíbrio emocional e o exercício à cidadania.

Educadores físicos acreditam que uma criança de dois anos pode praticar uma atividade esportiva, considerada como um meio de ampliar as brincadeiras de forma lúdica. A disciplina e as complexidades motoras são mais exigidas somente a partir dos sete anos, fase em que começa a adquirir maturidade psicomotora. Nesse estágio, é recomendável que experimente diversas modalidades; a prática de um único esporte durante a faixa etária dos sete aos doze anos é prejudicial ao desenvolvimento da criança.

A prática de esportes é fundamental para a longevidade e melhora na qualidade de vida, devendo ser iniciada desde a infância para prevenir a ocorrência de doenças relacionadas ao sedentarismo. É consenso mundial que a realização de atividades físicas ajuda a manter o peso ideal, reduzindo índices de obesidade e suas consequências, como diabetes, hipertensão e dislipidemias.

Dr. Mark Barone, especialista em Educação em Diabetes, através de artigo publicado na Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) sob o título “Atividade Física desde a Infância, um Investimento na Prevenção de Complicações” cita o resultado promissor de estudos feitos durante acampamentos de diabetes, nos quais as crianças praticam atividade física todos os dias e se alimentam de forma saudável.

Após oito dias de acampamento, adolescentes com média de idade de 15 anos apresentaram redução significativa da pressão arterial, do colesterol total, da fração LDL e aumento do HDL. Os autores desse estudo destacam que tais resultados não se devem à melhora do controle glicêmico, que foi mantido estável e dentro da meta desde o início do estudo (A1C: 6.9± 1.3%), mas sim à atividade física e ao estilo de vida saudável.

Em outros dois estudos do mesmo grupo foram verificadas ainda redução da hiperfiltração e da taxa de excreção de albumina após nove dias de estilo de vida saudável no acampamento e a queda da pressão arterial média esperada. Para a fase de sono, passou a ser significativa e semelhante ao grupo controle, após oito dias de acampamento. No caso desses estudos, os resultados foram sim acompanhados por melhora do controle glicêmico.

“Apesar de o dia a dia ser diferente da rotina de um acampamento, são poucas as crianças e adolescentes que praticam atividade física de forma regular (muitas vezes por falta de hábito e de incentivo ou estímulo). Certamente, os que se mantiverem ativos de acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde, no mínimo 60 minutos de atividade física diária para quem tem entre 5 e 17 anos de idade e no mínimo 150 minutos semanais para adultos, contarão com muitos dos benefícios citados acima”, esclarece Mark Barone.

Incentive seus filhos à prática de esportes dando o exemplo!

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

kite_2

A história de um apaixonado por esportes náuticos

Por Eduardo dos Santos Simon Em 1972, quando tinha apenas 11 anos de vida, recebi ...