Home / Como lidar com o Diabetes / A Internet e as ferramentas online trazem somente benefícios ao tratamento da pessoa com diabetes? Confira matéria aqui!

A Internet e as ferramentas online trazem somente benefícios ao tratamento da pessoa com diabetes? Confira matéria aqui!

Quais são os benefícios dos aplicativos e das redes sociais no tratamento do diabetes?

Por meio da internet, a informação chega em tempo real. O virtual atua como um meio de comunicação contínuo e interativo. Através de várias ferramentas, o intercâmbio de informação possibilita trocar experiências de vida e de conhecimento. Além disso, difunde o acesso ao conteúdo e gera integração entre os participantes.

Como o diabetes é uma condição que exige disciplina, a pessoa precisa de uma alimentação equilibrada, medicamentos orais e/ou insulina, automonitorização da glicemia, entre outros. A tecnologia pode ajudar na maioria dos casos, pois pode fazer o registro da glicemia e das atividades físicas realizadas, como também calcular a quantidade de carboidratos dos alimentos e sugerir as doses de insulina.

Segundo a psicóloga Graça Camara, “entendo que a internet tanto pode ser aliada como pode prejudicar e confundir um pouco as pessoas, dependendo do momento do diagnóstico em que ela se encontra. Se a pessoa estiver educada em diabetes, ferramentas como sites que buscam esclarecer sobre hábitos saudáveis, cuidados com alimentação, recursos para manter-se ativo, dúvidas quanto à alimentação, receitas e outros podem ser grandes aliados”.

Com relação aos aplicativos, Graça comenta também “ajudam na contagem de carboidratos, por exemplo, desde que o paciente tenha uma boa orientação da equipe que o acompanha. Algumas mensagens, lembretes e dicas podem ser utilizados por celular, mas sempre adequados aos públicos específicos, na minha visão”.

Agora quando falamos sobre aplicativos de monitoramento da glicemia, a psicóloga destaca “acho que ajudam bastante, mas quem os utiliza tem de usar como ferramenta de apoio, as decisões a serem tomadas dependem sempre da própria pessoa que tem diabetes. Quando comparamos com os games, os aplicativos são mais interessantes para apoio, controle e decisões em determinadas situações. Mas sempre deve levar em conta o público que irá utilizá-lo”.

Com relação às redes sociais, “se bem utilizadas, podem ser interessantes. Preocupa-me quando não tem moderador, nas conversas…. muitas coisas são colocadas de forma taxativa… de acordo com a ansiedade de cada um, as informações podem ficar confusas e podem até prejudicar”, alerta Graça.

Pensando nos aplicativos, este ano foi lançado o sistema de gestão do diabetes Accu-Chek Connect. Consiste em uma plataforma que integra o glicosímetro Accu-Chek Performa Connect, que possui tecnologia Bluetooth Smart, com o aplicativo Accu-Chek Connect, que possui a ferramenta de Cálculo de Bolus Accu-Chek.

Para utilizar, é necessário que a pessoa baixe no celular o aplicativo Accu-Chek Connect e a cada valor de glicemia constatado, pode enviar os dados via Bluetooth para o celular e usar o Cálculo de Bolus, uma função que calcula a dose de insulina a ser aplicada para cobrir certa quantidade de carboidratos e/ou fazer correções da glicemia. Esta função facilita o controle da glicemia sem aumentar o risco de hipoglicemia uma vez que desconta a insulina ativa de bolus anteriores. Todos estes dados ficam armazenados na nuvem e o usuário complementa as informações, inserindo se é uma glicemia pré-prandial, pós-prandial, antes de dormir ou outro evento.

As informações e os relatórios podem ser consultados de qualquer computador ou de algum dispositivo móvel. Os relatórios são feitos diariamente e podem ser incluídas as fotos para uma avaliação melhor do médico, já que é possível compartilhar as informações com ele. A plataforma é um avanço sem necessidade de instalação nos computadores pessoais.Mais informações sobre esta plataforma estão disponíveis em: https://www.hotsiteconnect.com.br/.

A utilização de aplicativos são ferramentas que podem ajudar bastante o controle da glicemia, mas não podem substituir o alinhamento do tratamento com os médicos e outros profissionais de saúde.

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

juntos

Roche Diabetes Care promove o Programa Juntos & Conectados em Sorocaba

A Roche Diabetes Care criou O Programa de Educação Continuada Juntos & Conectados para levar ...