Krav Maga

Krav Maga une defesa pessoal e os benefícios da atividade física

krav magaQue tal aliar a prática de atividade física com ensinamentos de defesa pessoal, já que sentimos a falta de segurança ao caminhar pelas ruas brasileiras? Krav Maga foi criado em 1942, em Israel, um pouco antes da independência do país, inspirado nos movimentos dos grupos de defesa durante a 2ªGuerra. Logo que foi criado, sua filosofia foi adotada pelo serviço militar israelense e pelo serviço secreto. Em 1964, foi liberado para a população civil dentro do Estado de Israel.

No Brasil, a prática chegou em janeiro de 1990, trazida pelo mestre Kobi Lichtenstein, que aprendeu a filosofia diretamente das mãos do criador do Krav Maga. Ele foi diplomado como faixa preta pela Associação Krav Maga, em Israel, e se tornou instrutor pela Universidade Wingate. Presidente da Federação Brasileira de Krav Maga, Kobi explica que “É a única luta reconhecida mundialmente como arte de defesa pessoal e não como arte marcial”.

“A luta traz inúmeros benefícios, entre eles mais coordenação motora e concentração, melhora da capacidade cardiovascular e da resistência física e pode levar ao emagrecimento físico, pois pode queimar até 800 calorias por aula. Além disso, a prática proporciona autoconfiança, ampliação de percepção da visão, do perigo e de equilíbrio emocional”, relata mestre Kobi.

O instrutor relatou que já teve alunos com diabetes e que, com as aulas, perceberam mais controle da glicemia. “Mas para lutar, é importante que o praticante tenha disciplina e respeito, além de ser uma pessoa de bem, pois a ideia é transmitir o conhecimento só para aqueles que forem utilizar os ensinamentos para o bem do próximo”, especifica mestre Kobi.

A aula tem duração de uma hora e é recomendado que o praticante treine duas vezes por semana para adquirir os conhecimentos e ter os benefícios. Para o treino, o aluno basta utilizar uma camiseta e a calça de quimono.

“A prática não tem regras ou competições, pois tem o objetivo de defesa pessoal em situações de perigo. Os golpes atingem pontos sensíveis do adversário com máximo potencial de explosão, para que a pessoa consiga se defender do possível inimigo”, adiciona mestre Kobi.

Independentemente do sexo e da idade, a prática é voltada para todas as pessoas de bem, que querem lutar pelos objetivos e se tornarem mais persistentes para alcançá-los, mesmo que encontrem dificuldades. Mais informações sobre a prática podem ser encontradas em: https://www.kravmaga.com.br/

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

kite_2

A história de um apaixonado por esportes náuticos

Por Eduardo dos Santos Simon Em 1972, quando tinha apenas 11 anos de vida, recebi ...