Home / Como lidar com o Diabetes / Mesmo com as limitações, os idosos podem e devem ter qualidade de vida

Mesmo com as limitações, os idosos podem e devem ter qualidade de vida

shutterstock_5773588

Envelhecer é um processo natural. Todos passam por isso e precisam se conformar que ainda não há a fonte da juventude. Como dizia o escritor Mário Quintana, “a idade vai chegando e com o passar do tempo nossas prioridades na vida vão mudando”. E nosso corpo também se transforma. Amadurecer é um processo que ocorre ao longo da vida, que constatamos perdas de células, falhas de força e de memória.

Dr. João Eduardo Salles, endocrinologista, explica mais detalhes sobre esse processo, “o envelhecimento provoca diminuição da porcentagem de massa magra, limitação dos movimentos, diminuição de reflexos e de pontos cognitivos, gerando perda de memória”.

Para conseguirmos retardar levemente os efeitos do envelhecimento, Dr. João sugere alguns cuidados, “realizar a prevenção de obesidade e de doenças cardiovasculares, monitorar o peso, glicemia e triglicérides e realizar atividade física”.

“No caso específico de pessoas com diabetes tipo 2, com a diminuição da massa magra, as pessoas da terceira idade não têm perfil de ter hiperglicemia em jejum, mas geralmente após as refeições, costumam ter uma glicemia mais alta, pois o idoso costuma ingerir mais quantidade de carboidratos e mais de 6 porções de frutas, o que não é recomendado. Além disso, é necessário entrar com mecanismos para preservar células Beta a fim de que haja um reservatório de insulina natural do corpo”, aponta Dr. João.

Para as pessoas que têm dificuldade de realizar o tratamento sozinho, há programas do Ministério da Saúde que capacitam pessoas a se tornarem cuidadores para identificação de riscos à saúde, como no momento de administração de medicamentos. Nesses casos, o cuidador pode realizar o monitoramento e lembrar o representante da terceira idade a utilizar a medicação.

“O importante é fazer a automonitorização mais frequente, para evitar hipo e hiperglicemias. No caso de hipoglicemia, a pessoa nessa idade precisa ter mais cuidados, já que há mais chances de queda e de alteração na memória, instabilidades motoras e dificuldades de mobilidade. Outra dica importante é escrever, na geladeira ou em algum lugar de fácil acesso, os horários de administração dos medicamentos, para que não se esqueça”, sugere Dr. João.

Comentários

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

juntos

Roche Diabetes Care promove o Programa Juntos & Conectados em Sorocaba

A Roche Diabetes Care criou O Programa de Educação Continuada Juntos & Conectados para levar ...