Home / Como lidar com o Diabetes / Qual é o momento certo para fazer um check-up?

Qual é o momento certo para fazer um check-up?

shutterstock_256664737

Atualmente, não é obrigatório apresentar atestado médico nas academias de ginástica, mas é imprescindível que a pessoa faça um check-up, afinal, ele pode identificar alterações, que podem ocasionar algum risco à saúde do atleta ou esportista.

Uma consulta médica com um especialista deve ser capaz de detectar fatores de risco ou predisposição do indivíduo a determinadas doenças; os sinais e sintomas apresentados podem ser sugestivos de doenças cardiovasculares, metabólicas ou do aparelho locomotor. Essa avaliação deve ser realizada tanto para um sedentário, que deseja iniciar à prática de esportes, como para atletas. Confira o papo que batemos com o Dr. Dimas Elias Democh Jr* e programe o seu check-up.

DBCV: Com qual periodicidade devo fazer um check-up?

DR.D: Em relação à periodicidade, o ideal é que uma pessoa saudável e fisicamente ativa faça uma avaliação anual. Caso o esportista já faça acompanhamento de alguma doença crônica, é recomendável o seguimento em intervalos mais curtos, ou seja, a cada três ou seis meses, respeitando a necessidade da patologia. Consultas mais frequentes são importantes no ajuste da dosagem da medicação utilizada.

Segundo o último Consenso Americano de Diabetes, não é recomendado fazer o rastreamento cardiovascular para os praticantes de exercícios de leve intensidade, que têm diabetes e sejam assintomáticos, ou seja, não apresentam sinais e sintomas característicos de patologias cardiovasculares. Contudo, se recomenda uma avaliação clínica criteriosa para averiguar outros possíveis fatores de risco cardiovasculares como dislipidemia e hipertensão, os quais deverão ser prontamente tratados quando detectados. Além disso, se deve investigar possíveis complicações crônicas do diabetes que, eventualmente, poderão contraindicar algum tipo de exercício.

Outro ponto importante a mencionar diz respeito aos insulinodependentes; eles deverão ser seguidos e orientados com a finalidade de ajustar as doses de insulina individualmente. É importante que recebam orientações específicas sobre a resposta da glicemia com cada tipo de exercício (aeróbico, resistido) e para cada intensidade realizada e, dessa forma, reduzir as chances da ocorrência de hipoglicemias durante ou após o treino.

DBCV: Quais exames fazer para se sentir seguro à prática de esportes?

DR.D: A resposta é simples; tudo irá depender da consulta médica. Os achados na anamnese e no exame físico irão direcionar para uma avaliação de maior ou menor complexidade. Histórico familiar, doenças pregressas e o nível de treinamento do indivíduo também são importantes para nos orientar na requisição dos exames.

Indivíduos sedentários com diabetes que já apresentaram comprometimento cardiológico (infarto prévio, insuficiência cardíaca) e que pretendem iniciar um programa de treinamento, o ideal é que sejam supervisionados em um centro de reabilitação cardiovascular, onde os treinos serão prescritos conforme as limitações individuais da capacidade cardiopulmonar de cada um.

O melhor exercício é aquele que você gosta de fazer, pois gostando de praticar, conseguirá fazer por mais tempo no dia, mais vezes por semana, mais meses do ano e mais anos de sua vida! Com isso, tendo benefícios a curto, médio e longo prazo. A avaliação médica prévia poderá ser benéfica garantindo segurança na atividade física com o rastreamento de eventuais doenças crônicas ainda não detectadas e controlando melhor aquelas já em tratamento. A hora de sair do sedentarismo sempre é “o agora”.

Bons treinos!

DrDimas

*Dr. Dimas Elias Democh Junior é médico, graduado pela Universidade Federal de Uberlândia; Especialista em Medicina Esportiva pela Universidade Federal de São Paulo  – UNIFESP – e pela Sociedade Brasileira de Medicina Esportiva; Pós-Graduado em Nutrologia pela Associação Brasileira de Nutrologia -ABRAN-; Pós-Graduando na Disciplina de Endocrinologia Clínica da Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP-. Atua em clínica particular em São Paulo e nos ambulatórios no Centro de Diabetes da UNIFESP, além de trabalhar como médico do Check-up clínico do Grupo Fleury.

 

 

Veja também: 

Aprenda as orientações corretas antes de começar qualquer atividade aquática!

 

 

 

Portal De Bem Com a Vida

Feito com muito carinho por profissionais de saúde, comunicação e por quem entende e convive com Diabetes, para você ficar bem antenado.

More Posts

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

andre_capa

Um novo mundo depois do Diabetes

Aos dezenove dias do mês de fevereiro de 2008, nasceu a minha princesa, a Ana ...