Home / Nutrição / Alimentação Saudável / Sabotadores da dieta

Sabotadores da dieta

Vilões da DietaAlimentos, que “parecem saudáveis e pouco calóricos”, podem ser os responsáveis por você não conseguir emagrecer. Para solucionarmos esta questão, o Portal De Bem com a Vida fez uma matéria especial sobre este assunto. É hora de mudarmos conceitos.

1.     Barra de cereais: É muito comum levarmos essas deliciosas barrinhas para ingeri-las entre as refeições, com a certeza de que estamos adotando hábitos saudáveis, mas ficamos decepcionados em constatar que “elas não oferecem tanta fibra quanto aparentam e as caramelizadas e com chocolate possuem alto teor de gordura, carboidrato e açúcar”, adverte a nutricionista Anita Sachs, professora da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Ao ingerir uma “inofensiva” barra de cereais caramelizada, que possui 155 calorias, é comum sentirmos fome logo após tê-la consumido. Isso é explicado pela Drª. Anita da seguinte forma: “o açúcar contido em sua composição faz com que o índice glicêmico deste produto seja elevado; a glicose sendo liberada no sangue rapidamente faz com que tenhamos fome em um espaço de tempo pequeno”.

2.     Biscoitos Cream Cracker:Muitos deles são ricos em gorduras trans, carboidratos e sódio e nem mesmo a versão integral é menos calórica. Devido ao fino formato e por não nos sentirmos saciados, ainda corremos o risco de consumi-los compulsivamente. “Opte por meio pão francês no lugar dos biscoitos”, aconselha a nutricionista Anita Sachs.

O excesso de sódio presente nos alimentos industrializados é prejudicial a todas as pessoas, aumentando o risco de se tornarem hipertensas, porém para aquelas com diabetes, o risco ainda é maior, pois esta doença está associada a maior frequência de doenças cardiovasculares.

3.    Suco de Fruta Natural e Refrigerantes Zero:Dependendo da fruta escolhida para a elaboração do suco, este pode ser bem calórico se for de manga, laranja, caju e tangerina ou misturarmos mais de uma fruta. O suco de limão e maracujá são pouco calóricos e têm baixo índice glicêmico. “Quando preparamos o suco, excluímos as fibras, a parte mais importante do alimento por promover a saciedade e impedir que a glicemia se eleve rapidamente. Opte por consumir a fruta in natura”, alerta Anita Sachs.O refrigerante comum está proibido para pessoas com diabetes, sendo necessária a substituição pelo diet – importante ressaltar que essa versão contém grande quantidade de sódio, sendo assim, pode ser consumida esporadicamente e com cautela.

4.     Frutas secas e oleaginosas:Castanha-do-pará, nozes, castanha de caju, amêndoas e avelãs proporcionam uma série de benefícios para a saúde quando inseridas na alimentação; são ricas em gorduras boas – as monoinsaturadas e poli-insaturadas, que protegem o coração e têm efeito anti-inflamatório. “Sabe-se que uma unidade de castanha-do-pará é suficiente para a quantidade de selênio que necessitamos diariamente. Quanto às demais oleaginosas, a quantidade recomendada é variável para cada indivíduo, pois todo cardápio alimentar deve ser personalizado”, afirma Anita.

5.     Queijo Branco:Existem muitas versões com alto teor de gordura-de 16% a 18%. “Isso porque é feito de leite integral, barrado em qualquer dieta por ser gorduroso demais. Opte pela versão light se pensar em uma fonte de cálcio; como fonte proteica, o tofu é uma boa opção”, avisa a nutricionista Anita.

6.     Sopa pronta e caldos para temperos:Como boa parte dos alimentos industrializados, possuem altíssimos níveis de sódio, aditivos químicos como corantes, conservantes e aromatizantes.” Portanto, use temperos naturais de ervas frescas e faça sopa com cortes magros de frango e legumes”, aconselha nossa consultora Anita Sachs.

Vanessa Pirolo

Jornalista, criadora do blog convivência com diabetes, tem diabetes desde o seus 18 anos, e redatora do Portal DBCV. Quer me conhecer melhor? Então, clique aqui!

More Posts - Website

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

Close up Sorghum field in sun light

Sorgo promove saciedade e redução da glicemia pós-prandial, além de outros benefícios! Confira matéria qui!

Sorgo – Cereal sem glúten possui diversas propriedades nutricionais O sorgo (Sorghum bicolor L. Moech) ...