Home / Exercícios Físicos / Dicas Práticas / Tratamento multidisciplinar deveria ser oferecido para todas as pessoas com diabetes! Confira os motivos aqui!

Tratamento multidisciplinar deveria ser oferecido para todas as pessoas com diabetes! Confira os motivos aqui!

O Diabetes e o Tratamento Multidisciplinar

Maria Gabriela Secco Cavicchioli*

post_multidisplinar

O bom controle do diabetes depende de diversos fatores do cotidiano como alimentação, atividade física, uso de medicamentos bem como o autoconhecimento para a realização do autocuidado. Em função dessa diversidade, a equipe multidisciplinar se faz necessária para que todas as informações sejam transmitidas corretamente, ofertando assim às pessoas com a doença, ferramentas para o autocuidado.

Porém, para que o processo ocorra de forma harmônica, acima de uma equipe multidisciplinar deverá atuar uma interdisciplinar, para que os profissionais de diversas especialidades possam trabalhar de forma integrada, trocando informações e propondo estratégias terapêuticas conjuntas para o controle da doença.

Dentre os profissionais da área de saúde, a equipe é composta por médico endocrinologista, enfermeiro, nutricionista, psicólogo e educador físico. Pode haver também a necessidade da intervenção do cirurgião dentista e do oftalmologista.

Vale ressaltar que cada pessoa possui necessidades individuais e, portanto, são tratadas de forma personalizada, onde a equipe avalia a necessidade de inclusão ou exclusão de determinada especialidade no acompanhamento do quadro clínico e psicológico.

A multidisciplinaridade traz inúmeros benefícios, dentre eles a maior adesão do paciente ao tratamento. Acredito que isto ocorra por dois aspectos: o primeiro em função de que quando mais de um profissional fala a mesma coisa, muitas vezes de forma diferente, começamos a prestar mais atenção naquela questão. Segundo porque as afinidades/estratégias podem ser diversas, aumentando a possibilidade do compartilhamento de pontos essenciais para o tratamento.

Cada profissional dá a sua contribuição às necessidades individuais de cada pessoa com diabetes e juntos (profissional e paciente) definem a melhor forma de realizar o tratamento – esta é a melhor forma do paciente se tornar o centro do seu cuidado!

Falamos nessa matéria um pouco do que seria o tratamento ideal às pessoas com diabetes, ou seja, a oportunidade de serem atendidas por uma equipe multidisciplinar/interdisciplinar. Porém, sabemos que na prática isso nem sempre ocorre; há falta de insumos nos postos de saúde e profissionais carentes de conhecimentos em educação em diabetes, mas não podemos deixar de incentivar que esse modelo aconteça um dia. Ainda nutro esperanças por um tratamento mais humanitário e justo à população carente!

*Maria Gabriela Secco Cavicchiolli é graduada em Enfermagem pela UNIFESP, especialista em Clínica Médico Cirúrgica (UNIFESP), pós-graduada em Estomaterapia (USP), Mestre em Enfermagem (UNIFESP). Atualmente é Coordenadora do Programa de Gerenciamento de Crônicos e Casos Especiais do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

Vanessa Pirolo

Jornalista, criadora do blog convivência com diabetes, tem diabetes desde o seus 18 anos, e redatora do Portal DBCV. Quer me conhecer melhor? Então, clique aqui!

More Posts - Website

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

shutterstock_411057103

Alimento saudável também engorda?

Atualmente, são extensas as publicações que nos informam o que devemos ou não comer para ...