Zumba

Brasil já absorveu o ritmo latino zumba. Conheça os benefícios!

ZumbaÉ de conhecimento público que o brasileiro tem uma facilidade por absorver novidades, informações e culturas de diferentes povos. No segmento da dança, não poderia ser diferente. Recentemente entrou um ritmo chamado Zumba, originado na Colombia pelo instrutor Beto Perez, nos anos 90.

O criador misturou outros ritmos latinos, como salsa, merengue, regaton e belly dance para definir a chamada “festa”, origem da palavra. Após sua criação, o ritmo ganhou o gosto dos norte-americanos e hoje influencia muitas das músicas pops, de Jeniffer Lopez e Kirstie Alley.

Segundo a instrutora do ritmo Vera Franchini Fontes, ” essa dança é mais voltada pelo público feminino, mas não exclui os homens. Os movimentos fortalecem e proporcionam flexibilidade ao corpo, pois os participantes mexem bastante as pernas e braços. Há muitos giros. É uma aula aeróbica que pode queimar de 400 a 800 calorias por hora”.

“Além disso, libera a endorfina e assim proporciona o bem-estar, além de emagrecer e queimar o açúcar do sangue, o que pode beneficiar pessoas com diabetes. Tenho uma aluna com a condição que me disse que a taxa de glicemia está mais controlada com a atividade”, acrescenta Vera.

“Minha alunas já comentaram comigo que traz mais auto-confiança, auto-estima e algumas delas saíram da depressão depois de iniciar a prática. As participantes precisam prestar muita atenção à aula e assim deixam os problemas de lado, o que ajuda a relaxar”, aponta Vera.

Alguns participantes comentam que a dança pode tonificar os músculos, pois há coreografias que são utilizadas e, assim, repetição dos movimentos.

Para realização da atividade, Vera indica, “peço às minhas alunas que venham de tênis, pois os sapatos destinados a dança de salão não devem ser utilizados,  já que há perigo de queda, devido aos movimentos mais rápidos, além da prática causar impacto nos calcanhares e joelhos. Dessa forma, percebemos que o aluno quando ganha resistência física, começa a ampliar a capacidade cardiovascular. Por isso, devido à rapidez do ritmo, é mais seguro utilizar um calçado mais confortável”.

“Não há um fator limitante, pois pode ser realizados pelas pessoas de diversas idades, mas sempre é recomendável realizar um checkup antes de iniciar a prática. Para ter mais resultados, aconselho a pessoa a fazer três horas aula por semana, para que possa emagrecer e sentir o bem-estar, para realizar todas as outras atividades diárias”, sugere Vera.

Vanessa Pirolo

Jornalista, criadora do blog convivência com diabetes, tem diabetes desde o seus 18 anos, e redatora do Portal DBCV. Quer me conhecer melhor? Então, clique aqui!

More Posts - Website

Deixe Seu Comentário

comentários

Veja também

post_suplemento

Conheça mais as funções do Whey Protein!

Os Benefícios do Whey Protein  Dra. Andressa Heimbecher Soares* Até pouco tempo atrás, a ideia ...